Dia da verdade

Eu gostaria, com toda minha vontade, que existisse “o dia da verdade”. Muitos vão pensar que fiquei louca, e que essa ideia, se atingisse o plano real, causaria o maior problema do mundo desde as grandes guerras, eis que todos nós iriamos sair por aí dizendo o que bem acreditamos ser a verdade, ferindo algumas pessoas.
Porém, o meu dia da verdade não ia ser feito de apontamentos daquilo que eu vejo de errado, ou não só disso (também não vou ser hipócrita e falar que acho tudo lindo né). Nesse dia, eu diria às pessoas o quão lindas elas são, por dentro e por fora. Queria falar o quanto eu gosto delas, apesar dos pesares. Gostaria de abraça-las, beija-las, ressaltar sua importância pra mim, mesmo que não sejam tão presentes na minha vida. Relembraria de nossos momentos vividos, demonstrando que os guardo comigo.
Desta forma é que vejo o quão ideal seria esse dia, pois, apesar de nos chatearmos com os apontamentos em um primeiro momento, felizes restaríamos ao saber o quão importantes somos pra alguém 😉
E não venham me dizer que eu poderia fazer isso a hora que eu quisesse, pois, conforme é sabido, nós todos não temos o hábito de tomar este tipo de atitude sem uma data especial…
Anúncios

Autor: Gabi Lopes

Objetividade, teimosia, imprevisibilidade e sagacidade são palavras que me descrevem muito bem.

Diga o que achou

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s